Entrada
Entrada
O Centro
Investigação
Investigadores
Actividades Destaques 2015-2018 2014-2011 2010-2007 2006-2003 2002-1999
Formação
Publicações
Biblioteca
Redes Internacionais
Recursos Electrónicos
Call for Papers
Boletim
Ligações úteis
Contactos

English VersionCEC no FacebookCEC no YouTube
Entrada seta Actividades seta 2015-2018 seta Conferência Narrativas Urbanas Alternativas

Conferência Narrativas Urbanas Alternativas


Data e Local:
15 de Novembro de 2016
17h00 às 20h00 na Faculdade de Letras (Auditório III)
cartaz | programa

O Museu Wunderkammer é um museu errante, uma acção artística pública e independente. As suas iniciativas dão origem a relações através do território que em cada momento  "explodem" a partir da experiência contextual, simultânea e sobretudo temporária: eventualmente, tais iniciativas terminam sem necessariamente deixar qualquer elemento no espaço que se misture com as subtilezas que lhes deram origem. Isto dá lugar a uma espécie de coagulação entre experiências contextuais profundamente enraizadas no território, num período de tempo definido, o que intensifica o processo de criação conjunta com recursos locais — seja com a pessoa ou as pessoas que começaram uma experiência, ou o grupo que a está vivendo, com a memória que recorda, ou ainda as imagens que evoca — que não poderia ter lugar em qualquer outro lugar e sem a qual o museu não existiria.
O projecto Museu Wunderkammer foi iniciado em Trento em 2014. Desde então tem produzido uma série de manifestações, performances, exposições, residências, conferências e workshops. Intelectuais, artistas, museus, instituições e indivíduos têm cooperado para o desenvolvimento do Museu, junto com grupos de entre os quais podemos citar MAO (Liubliana), Nexst Torino, MAG (Riva), Fondazione Museo Storico e The Independent MAXXI.
(Luca Bertoldi e Giusi Campisi).

Giusi Campisi (Torino 1966). Depois da graduação em Cenografia pela Academia de Brera em Milão, trabalhou vários anos em teatro enquanto cenógrafa e figurinista. Desde 1997, com a fundação do colectivo artístico Suzie Wong Project, começou uma série de colaborações com artistas e não-artistas, conjuntamente envolvidos desde a fase de projecto à produção de intervenções. Esta abordagem tem vindo a ser uma constante no seu trabalho dando origem a um conjunto de projectos planeados no espaço social, sendo os modos de usos deste parte integrante dos próprios projectos.

Luca Bertoldi (1983, Itália). Vive em Milão e Trento. Mestrado em Arquitectura pela Universidade de Trento, ETSA Granada, UDK Berlim, Mestrado em Belas-Artes e Estudos Curatoriais pela NABA Milão. Trabalha in situ. Investiga relações entre padrões espaciais e os seus efeitos nos corpos, reflectindo sobre a natureza política das formações do Espaço e o seu impacto na história social dos lugares e comunidades. Toma o contexto urbano como oportunidade para explorar convenções sociais, físicas e psicológicas, bem como lugar de acção. As acções de Bertoldi são duplamente organizadas em situações informais e institucionais, procurando subverter controlo e dispositivos comunicacionais. O seu trabalho tem sido realizado e discutido em Itália e noutros países como Alemanha e Eslovênia. É fundador do Museu Wunderkammer e membro do seu comité científico.

Imagem do cartaz © Pierluigi Cattani Faggion
cartaz © Moirika Reker

 


 






| Imprimir | Adicionar aos Favoritos |

Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
conteúdos: © 2006 - 2019, Centro de Estudos Comparatistas
textos assinados: © autor respectivo